Quando comecei a tricotar olhava para os torcidos com um misto de admiração e incredulidade….não percebia como é que aqueles desenhos apareciam! Além disso achava absolutamente pavoroso pensar em tirar malhas para um agulha auxiliar e ter de voltar a colocá-las nas agulhas…imaginava que ía acabar com malhas caídas, na certa. Claro, que lá me atrevi a tentar a técnica e fiquei surpreendida com o simples que afinal era. Inicialmente achei que tinha de fazer os torcidos em todas as carreiras e foi um alivio perceber que afinal era só cada 6, ou 8, ou 10 carreiras!

Os efeitos com torcidos podem ir do mais simples ao mais elaborado, mas a técnica base é sempre a mesma. O torcido vai ficar diferente se deixar-mos as malhas em espera na frente ou na parte de trás do trabalho. Neste video vou mostrar como fazer torcidos de 6 malhas à frente – significa que torcemos 3 + 3 malhas e deixamos as malhas em espera na frente do trabalho….mais fácil que ler é mesmo carregar no play:

E para praticar muito esta técnica e fazer uma almofada gira como a do video é só comprar 2 novelos do fio “Damasco”, uma mistura de algodão e linho + seguir o esquema completo disponível na página da Rosários4, aqui. Para completar o projecto pode seguir o video acima para a execução dos torcidos e, se precisar, este video onde mostro como fazer o ponto de arroz.

Agora mãos-à-obra e bons tricots!

Pin It on Pinterest