Com a Primavera chega o sol, os passeios, os piqueniques, os fins de tarde solarengos e, claro, as roupas mais leves como esta camisola Giesta. Uma camisola de inspiração campestre, tricotada em algodão orgânico e com tingimento natural…porque é de harmonia com a natureza que falamos!

Foi tricotada no campo, na sombra do pinhal e dos arbustos silvestres, numa encosta do “meu” Douro e isso reflectiu-se na sua construção. O ponto escolhido conjuga na perfeição o desenho de folhas com os ramos altos, mesmo como nos bravios arbustos que de vez em quando viram vassouras, mas que também decoram as entradas no inicio de Maio – as Giestas.

Esta camisola é tricotada de cima para baixo e sem costuras. Começa pelos ombros com carreiras encurtadas que os recortam para que se ajuste na perfeição ao desenho do corpo. Depois a frente, formando o decote. Nas cavas frente e costas são unidas e tricotadas em circular até à baínha. Aqui voltamos a utilizar carreiras encurtadas para prolongar o desenho das costas e aligeirar a frente, criando a baínha arredondada. No final as mangas são tricotadas a partir de malhas apanhadas em redor da cava, em circular até aos punhos.
A dificuldade desta camisola está no inicio, nas primeiras carreiras das costas em que o ponto rendado e as carreiras encurtadas acontecem em simultâneo exigindo um pouco mais de atenção. Mas o esquema inclui gráficos e instruções escritas detalhadas, e depois destas primeiras carreiras fica tudo muito mais simples!

 

O ponto rendado pode ser assustador no inicio porque é uma repetição longa (34 malhas) e é trabalhado em todas as carreiras, mas a verdade é que é facilmente memorizavel – na segunda repetição já nem vão olhar para o papel, e um desafio destes também é aliciante. Talvez não seja a peça ideal para tricotar a ver a serie preferida na televisão, mas é perfeita para tricotar no jardim. E estas costas valem bem a pena o esforço, não?

Então vamos lá reunir o material necessário: para os tamanhos S, M e L vão precisar, respectivamente, de 10 (13, 15) novelos de Ecotton, da Rosários4 na vossa cor preferida. Estive na Companhia das Agulhas a apresentar este modelo e elas têm todas as cores disponiveis na escola, vejam aqui o video completo aqui.

Eu tricotei com o branco, mas têm mais 9 cores disponiveis e o tingimento natural cria uma paleta de cores pastel que eu adoro. Além do fio, vão precisar de agulhas circulares de 3,5mm, ou o numero que vos permita obter uma amostra de 21 malhas para 10cm em ponto jersey. Para a amostra recomendo que montem pelo menos 30 malhas nas agulhas e tricotem em ponto jersey até ter cerca de 12cm. Depois é só lavar, secar e contar quantas malhas têm em 10cm de largura. Explico tudo sobre amostras neste video.

Agora que já têm o material prontinho, podem descarregar o esquema completo no Ravelry ou no site da Rosários4 e começar a tricotar…ainda bem que amanhã é feriado!

Download Giesta

Pin It on Pinterest